Sexta, 31 Março 2017 14:59

 

JUACY DA SILVA*

Mais um surto de doenças está alarmando a população brasileira.Depois de décadas de sufoco da DENGUE, veiram a chikungunya e a ZICA. Agora é a vez da FEBRE AMARELA  que está apavorando a população de MINAS GERAIS, ESPÍRITO SANTO, RIO DE JANEIRO E nesses últimos dias a Bahia.


O alerta foi acionado quando dois macacos, que são considerados os “sentinelas naturais” para esta praga  foram encontrados em alguns bairros de Salvador, Bahia.  Segundo as autoridades sanitárias deverão ser vacinas mais de 1,2 milhões de pessoas, para evitar que um novo surto, igual ao que aconteceu em MINAS GERAIS, onde já morreram 137 pessoas em menos de tres meses, venha a acontecer emu ma área metropolitan, densamente povoada e com condições de saneamento básico extremamente precárias.


Todas essas doenças são transmitidas pelo mesmo mosquito, o AEDES AEGIPT. Está havendo um grande esforço por parte das autoridades sanitárias para conseguir  vacinar a população desses estados e dos municipios onde foram constatados casosconfirmados  ou suspeitos de FEBRE AMARELA.


Aliás, em se tratandode saneamento básico, o Brasil é  uma vergonha, mais de 70% da população urbana brasileiro não possui esgotos coletadose tratados, córregos, rios, lagoas e até o mar e as nossas baias são verdeiros depósitos de lixo e esgoto a céu aberto. Diante desta situação vergonhosa não é novidade que doenças de massa estejam proliferando e atormentando a população, principalmente, as camadas mais pobres que  vivem ou sobrevivem nessas áreas, enquanto nossos políticos, empresários e governantes continuam assaltando os cofrespúblicos e roubandodinheiro público que faz  falta para o saneamento básico e a saúde pública.


Se voce reside  ou  pretende viajar para   os Estados de Minas Gerais, Bahia, Rio de janeiro ou Espírito Santo, é recomendável que se previna muito bem,veja se consegue se vacinar e procure outras orientações para se proteger e proteger sua família.


Antes os alertas, principalmente dos países da Europa, Estados Unidos e outros desenvolvidos,  aos turistas que pretendiam vir ao Brasil eram em relação `a violência , agora, além das precauções contra a bandidagem também as pessoas devem  ter cuidado com essas doenças.
Lembre-se: Dengue, chikungunya, zica, febre amarela e corrupção matam., todo cuidado e pouco!


*JUACY DA SILVA, professor universitário, titular e aposentado UFMT, mestre  em sociologia, articulista e colaborador de jornais, sites, blogs e outros veículos de comunicação. Email O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. Blog www.professorjuacy.blogspot.com Twitter@profjuacy

Quarta, 27 Abril 2016 14:33

 

Circular Nº 114/16                                                

Brasília (DF), 27 de abril de 2016

 

Às seções sindicais, secretarias regionais e Diretores do ANDES-SN

 

Companheiros

 

Considerando que o 61º CONAD do ANDES-SN será realizado em Boa Vista – RR, no período de 30 de junho a 3 de julho de 2016, chamamos à atenção de todos que participarão do referido evento, que tomem providências quanto a imunização contra a febre amarela.

 

Informamos, ainda, que a vacina deve ser aplicada com a antecedência de 10 dias do deslocamento para essa região.

 

Segue anexo as orientações do Ministério da Saúde para a vacinação contra a febre amarela – Nota Informativa nº 102/CGPNI/DEVIT/MS.

 

Sem mais para o momento, renovamos nossas cordiais saudações sindicais e universitárias.

 

 

Prof. Francisco Jacob Paiva da Silva

1º Secretário

 

 

ATENÇÃO PARA AS ORIENTAÇÕES NO QUADRO DE VACINAÇÃO ANEXO ABAIXO.