Quarta, 24 Junho 2015 11:10

CONVITE

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

Cuiabá, 23 de junho de 2015. 
 
Aos
Docentes, Coordenadores/as de cursos, Chefes e Diretores/as
Universidade Federal de Mato Grosso
 
       O Comando Local de Greve – CLG da Universidade Federal de Mato Grosso convida os docentes, especialmente os que vivem cotidianamente a universidade, para participarem da Assembleia Docente a ser realizada na quinta-feira (amanhã) às 08:30 no Auditório da Adufmat, quando construiremos a PAUTA INTERNA DE REINVIDICAÇÃO a ser apresentada à Administração Superior.
       Este momento de greve é propício para refletir, construir e apresentar encaminhamentos que tenham a sua contribuição, motivo pelo qual enviamos este especial convite. E, caso não possa comparecer à assembleia, o CLG pede que envie suas indicações ou observações para:O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
       Segue abaixo alguns dos apontamentos já apresentados pelos docentes.  

Agradecemos antecipadamente.
 
Comando Local de Greve 

 
DOCUMENTO INICIAL PARA CONSTRUIR A PAUTA INTERNA
 
1. Avaliar a presença da EBSERH no HUJM;
2. Apresentar contas e projeto de construção do novo HUJM;
3. Ampliar Vagas para docentes – 40 horas DE por concurso público;
4. Dar transparência aos investimentos (Secopa) realizados no Campus Cuiabá;
5. Garantir a concessão da Sede da Adufmat  em Sinope;
6. Avaliar o ingresso dos alunos/as através do ENEM (vagas abertas e entrada tardia de alunos em sala - nos primeiros semestres);
7. Abrir a agenda do Teatro Universitário e garantir a realização de eventos que demandarem aquele espaço físico;
8. Garantir recursos para a Editora da Universidade;
9. Dar condições para que docentes façam publicações eletrônicas com a chancela da UFMT;
10. Garantir espaço físico para que os docentes possam realizar suas atividades de orientação e pesquisa no interior da universidade;
11. Liberar os docentes da realização de serviços técnicos (diretores, coordenadores e chefes não pensam o departamento, apenas executam ordens das diversas pró-reitorias e realizam serviços técnicos demandados pela CAE);
12. Aumentar o numero de bolsas para a pós-graduação;
13. Garantir apoio técnico e logístico às unidades para que elas realizem eventos (serviços técnicos, transporte, cerimonial);
14. Abrir espaço na UFMT para realização de estágio dos nossos discentes;
15. Ampliar vagas para técnicos por concurso público;
16. Garantir Creche ou auxílio creche (filhos de discentes, docentes e técnicos);
17.  Simplificar  o processo de progressão funcional dos docentes;
18. Fortalecer o serviço médico-assistencial da CASS;
19. Combater a sobrecarga de trabalho docente;
20. Garantir a compensação financeira quando houver necessidade de horas extras;
21. Adquirir exemplares das obras relacionadas nos Planos de Ensino dos docentes, para uso dos docentes e discentes;
22.  Garantir Bolsa pós-doutorado para os docentes da UFMT;
23. Valorização do trabalho docente;
24. Tomar medidas para combater as situações de insalubridade nos laboratórios e demais espaços da UFMT; (gatos e demais animais usam bebedouros de água);
25. Não a criminalização e perseguição dos movimentos sociais;
26. Reabertura imediata do RU;
27. Cumprir a sentença judicial e realizar o pagamento dos 28% a todos os docentes da UFMT.

Ler 450 vezes Última modificação em Quarta, 24 Junho 2015 11:11