Segunda, 13 Junho 2016 18:51

Comissão de revisão do estatuto da Adufmat-Ssind inicia os trabalhos em Sinop

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

 *Atualizada às 16h40 do dia 14/06/16

 

A comissão formada no final do ano passado para atualizar o estatuto da Adufmat-Ssind realizou sua primeira reunião no dia 02/06, em Sinop. Representantes de Cuiabá, Sinop e Araguaia (via skype) fizeram os primeiros apontamentos numa leitura geral sobre o que é preciso alterar, retirar ou acrescentar no documento, editado nos moldes do estatuto do ANDES – Sindicato Nacional.

 

O professor Maelison Neves, representante de Cuiabá na comissão, explicou que a necessidade de atualização do estatuto é política e também burocrática. “Durante a greve do ano passado, os professores da UFMT no interior atentaram para a dificuldade de deslocamento para as assembleias e, consequentemente, a participação nas decisões. Além disso, a mudança de diretoria implica em alguns requisitos para gerenciamento de contas no interior. Precisamos nos adequar também nesse sentido”, afirmou o docente.

 

A professora Gerdine Sanson, uma das integrantes da comissão em Sinop, escreveu uma nota solicitando a participação dos colegas no processo, por meio de sugestões. “A questão é bem mais ampla do que apenas colocar no regimento que ‘podemos votar fora da sede - Cuiabá’. Por isso, não é um processo que podemos fazer tão rápido quanto gostaríamos e, além disso, existe a dificuldade de reunir professores dos diferentes campi”, afirmou a docente.

 

Assim, Sanson sugere, em especial aos docentes da UFMT no interior, que verifiquem o estatuto do sindicato (disponível aqui), bem como as sugestões que serão divulgadas pela comissão, a fim de sugerir possíveis alterações e melhorias. “Nosso objetivo no momento é tornar público o regimento e as modificações que pretendemos fazer, para que todos possam acompanhar o processo de modificação”, destacou.

 

De acordo com o professor Maelison, o objetivo da comissão é limpar as discussões o máximo possível para evitar assembleias de aprovação muito longas. “O que realmente demandar decisão, se não houver consenso na comissão ou questionamentos de docentes, será debatido em assembleia. Mas a ideia é que o grupo consiga chegar a consensos já nas reuniões”, disse.

 

O grupo - formado pelos docentes Onice Dall’Oglio, Carlos Breda, Cláudia Reis e Gerdine Sanson, de Sinop, Maelison Neves e Marcos Caron, de Cuiabá, e Adriana Queiroz, Rosaline Lunardi, Magno Silvestri, Lennie Bertoque, Ana Paula Sacco,  Ivairton Santos, Robson Lopes, Maurício Couto, Antônio da Silva e Daniel Guimarães, do Araguaia - voltará a se reunir  na próxima segunda-feira, 20/06, em Barra do Garças.

 

Vale lembrar que todas as mudanças serão debatidas e aprovadas em assembleia geral.

 

Sugestões de alteração do estatuto devem ser encaminhadas ao e-mail da Adufmat-Ssind: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.  

 

 

Luana Soutos

Assessoria de Imprensa da Adufmat-Ssind

Ler 1517 vezes Última modificação em Terça, 20 Setembro 2016 19:07