Terça, 28 Agosto 2018 17:08

Uesc começa semestre sem itens básicos para funcionamento

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

 

É notória a ausência de materiais básicos para funcionamento da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), na Bahia, desde o início do semestre letivo. Segundo a Associação dos Docentes da Uesc (Adusc – Seção Sindical do ANDES-SN) não há sequer um banheiro com papel higiênico na universidade. Outros materiais didáticos e de manutenção da instituição, constantemente reivindicados pelo movimento docente, também continuam pendentes.

 

Diante desta situação, a Adusc-SSind encaminhou, no dia 23 de agosto, um documento solicitando esclarecimentos quanto à origem e a iniciativa da administração da Uesc para solução dos problemas. Foram solicitadas à reitoria informações quanto ao repasse do governo para execução orçamentária prevista para a universidade, uma vez que problemas semelhantes atingem outras Universidades Estaduais Baianas (Ueba), como resultado de contingenciamento orçamentário. Confira aqui o documento.

 

Na Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), por exemplo, até julho, o valor retido pelo governo já representava cerca de R$ 7,4 milhões. Como forma de ampliar a denúncia e esclarecer a população sobre a situação vivida pelas universidades, o Fórum das ADs (que agrega as seções sindicais do ANDES-SN nas Ueba) tem reproduzido em suas mídias vídeos e denúncias sobre o tema.

 

Segundo José Luiz, presidente da Adusc-SSind, a entidade tem se empenhado nessa luta, no entanto o governo mantém o descaso e tem se negado a negociar. “Estamos nos empenhando diante deste cenário difícil, e temos dialogado com o Fórum de Reitores para que também exerça pressão sobre o governo em defesa das Ueba, e contamos também com o envolvimento da categoria nesta luta”, afirma o docente.

 

 

 Fonte: Adusc-SSind



Ler 498 vezes