Segunda, 10 Agosto 2020 14:36

ESTUDANTES DE ENFERMAGEM DA UFMT PRODUZEM VÍDEO EM HOMENAGEM AOS TRABALHADORES DE ENFERMAGEM DE MATO GROSSO NO COMBATE À COVID-19 - Estudantes da Enfermagem da UFMT

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

****

Espaço Aberto é um canal disponibilizado pelo sindicato
para que os docentes manifestem suas posições pessoais, por meio de artigos de opinião.
Os textos publicados nessa seção, portanto, não são análises da Adufmat-Ssind.

****

Publicamos a pedido da professora Rosa Lúcia Rocha Ribeiro, do Departamento de Enfermagem da UFMT

Mobilizadas pelo drama de trabalhadores de Enfermagem de Mato Grosso na luta contra a COVID-19, estudantes do curso de Enfermagem da Universidade Federal de Mato Grosso, campus Cuiabá, se organizaram e produziram um vídeo em sua homenagem (disponível abaixo).

O vídeo tem a participação de estudantes de diversos semestres do curso e trazem mensagens de agradecimento, mas também de apoio na luta dos trabalhadores da enfermagem por valorização profissional, por proteção e por melhores condições de trabalho. A ação foi uma iniciativa do Centro Acadêmico de Enfermagem e do projeto de extensão Cuidar Brincando, da Faculdade de Enfermagem da UFMT.

Também denunciam as mortes de profissionais da enfermagem que faleceram em decorrência da doença, desde o início da pandemia até o mês de julho de 2020. Segundo o Conselho Federal de Enfermagem, por meio do Observatório da Enfermagem, o Brasil registrou até o momento 334 óbitos de profissionais de enfermagem, sendo mais de 20 óbitos do estado de Mato Grosso, a maioria deles que estavam trabalhando diretamente no cuidado a pacientes e alguns poucos afastados do trabalho.

Segue o texto da homenagem:

Estamos vivendo um momento muito delicado. E nós estudantes não poderíamos deixar de agradecer e prestar o nosso apoio aos trabalhadores de enfermagem que estão na linha de frente em combate ao novo coronavírus em Mato Grosso.

Vocês são submetidos a jornadas de trabalho exaustivas e condições insalubres de emprego, onde faltam materiais, faltam EPIs, faltam medicações, mas estão fazendo o melhor trabalho que podem mesmo diante de tais condições.

São afastados de sua família para protegê-los. A saudade dói né?

São sobrecarregados de tensão emocional e cansaço físico, sem ter um lugar digno para repousar, sem ter como ir ao banheiro, sem beber água e sem ter como comer.

Além de excelentes profissionais, são seres humanos incríveis que dedicam a vida à pessoas desconhecidas.

Vocês não são anjos mas arriscam a própria vida pra cuidar de outras vidas, gratidão por fazerem isso com tanta excelência.

Vocês não são super-heróis, mas têm dado exemplo de heroísmo e alguns deram até mesmo, a própria vida.

É preciso que todos saibam que vocês, trabalhadores de enfermagem, não são heróis ou heroínas, mas são pessoas trabalhadoras que também precisam de proteção para que se mantenham vivas!

Porque não desejamos que vocês sejam mártires! Por essa razão, denunciamos o pouco cuidado de governantes e de patrões para a sua proteção! Exijam EPIs!

Não aceitamos que, num estado que se vangloria de ser o maior produtor de algodão do país, profissionais da linha de frente como a Enfermagem não tenham acesso a uma roupa decente para a sua proteção nessa guerra contra o coronavírus!

O nosso amplo agradecimento aos profissionais de enfermagem que hoje lutam por melhorias salariais e que estão, ainda que com pouca proteção, na linha de frente no combate à Covid 19.

Realmente não somos super heróis, somos seres humanos, necessitamos de um salário adequado para a nossa categoria e equipamentos de proteção individual, não podemos nos permitir ser mutilados pela falta de investimento na saúde e pelo descaso dos políticos devido o desvio de verbas da saúde.

Não romantizar esse momento é essencial, trabalhamos porque temos contas para pagar assim como todos e precisamos de condições dignas de trabalho. Por isso, é um momento de luta.

Luta por condições melhores de trabalho, está na hora de aprovar o Projeto de Lei n° 2564 de 2020 que dispões sobre o piso salarial da enfermagem e uma jornada de 30 horas semanais.

É tempo da enfermagem se unir e lutar por melhores condições de trabalho.

Sindicatos e Conselhos, contamos que vocês continuem com uma gestão séria e dedicada à Enfermagem, que lutem para que as vidas de técnicas de enfermagem, enfermeiras e enfermeiros sejam preservadas!

E a vocês, profissionais, nosso mais sincero agradecimento e o nosso apoio na luta!

Nós agradecemos a todos os profissionais de saúde pelo compromisso, dedicação e amor.

Prestamos homenagem também à todos aqueles TRABALHADORES DE ENFERMAGEM que perderam a vida para COVID-19, a maioria trabalhando, alguns afastados do trabalho:

1 - Athaíde Celestino da Silva - 02/05/2020

2 - Alessandra Bárbara Pereira Leite - 19/05

3 - Maria Eliane Queiroz da Silva - 12/06

4 - Simone Lima Oliveira dos Anjos - 12/06

5 - Joselita dos Santos - 17/06

6- Juciana Mendes dá Silva Melo- 22/06

7- Cleiton Viana - 25/06

8- Clarice Bamberg - 27/06

9- Gonçalo Benedito de Barros - 29/06

10- Fabrício Uprewa - 03/07

11- Rosilei Rech - 05/07

12 - Zilda de Moura Viana - 13/07

13 - Maria Alice Ramos da Silva- 14/07

14 - Pedro Ezídio - 14/07

15 - Dirce de Oliveira Souza - 14/07

16- Odair Correia - 16/07

17- Mariza de Jesus Silva - 16/07

18- Regina de Lira Sales - 20/07

19 - Luiz Carlos Weber - 21/07

20- Erivelton Luciano Silva Martins - 24/07

21 - Glaciela Marques Correia - 25/07

22 - Klediston Kelps - 25/07

23- Elisangela Morevo - 27/07

24- Geralda Leite Mendes - 27/07

25 - Juceli Pereira da Costa 30/07

26- Lauro Bassani - 30/07

27 - Marta Araújo Souto - 30/07

28 - José Maria da Silva Filho - 06/08

Se você não tem medo da Covid-19, ao menos colabore para que a gente não morra.

A vocês, profissionais de Enfermagem, todo o nosso apoio na Luta!

Alunas de Enfermagem UFMT

Cuiabá, 05 de agosto de 2020.

Ler 1477 vezes Última modificação em Segunda, 10 Agosto 2020 15:08