Terça, 26 Outubro 2021 16:25

Semana do Dia do Servidor começa com protestos contra Reforma Administrativa, em Brasília

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

 

 

Protesto contra a Reforma Administrativa nesta terça-feira (26), em Brasília.

 

Não poderia ser diferente! A semana do Dia do Servidor Público (28 de outubro) começou com muita luta contra a Reforma Administrativa (PEC 32). Dezenas de manifestantes retornaram à Brasília, nesta terça-feira (26), para dar um recado claro ao governo Bolsonaro: o funcionalismo está mais forte do que nunca na defesa do serviço público!

 

A mobilização começou cedo. Passava das 7h da manhã quando as primeiras palavras de ordem contra a PEC 32 começaram a ser entoadas no aeroporto da capital federal. Para cada deputado que chegava ficava explícito que os servidores públicos não irão abandonar a batalha pelos direitos da população brasileira.

 

Com tem sido nas últimas seis semanas de luta, à tarde os manifestantes seguiram para o Anexo II, na Câmara dos Deputados. Lá, foi realizada uma vigília. Líderes sindicais e das demais organizações de Classe puderam falar ao microfone e dialogar com os transeuntes sobre os perigos da matéria elaborada por Paulo Guedes, ministro da Economia.

 

Em capitais como Natal (RN), Salvador (BA), São Luis (MA) e outras também ocorreram protestos no embarque de parlamentares para Brasília.

 

Manifestação no aeroporto de Brasília

 

Os atos desta terça (26) e de ontem nas capitais são apenas um “esquenta” para o Dia Nacional de Luta contra a Reforma Administrativa que irá ocorrer na quinta-feira (28). Na data, também é celebrado o Dia do Servidor Público. Por isso, além dos atos em Brasília também deverão ocorrer manifestações em outros estados e municípios.

 

Em São Paulo, o protesto pelo Dia Nacional de Luta irá ocorrer na Praça da República, a partir das 16h. Lá, irá ocorrer o Ato Unificado dos Servidores e Servidoras Municipais, Estaduais e Federais. A mobilização é fruto da união das 10 centrais sindicais brasileiras e demais organizações de classe.

 

Já na Região Norte do país, mobilizações irão ocorrer em Belém, às 8h, com concentração na Escadinha. Também terá luta contra a PEC 32 em Santarém, região oeste do Pará, a partir das 8h, na Praça São Sebastião.

 

Também haverá mobilizações em outras capitais pelo Brasil. Elas serão confirmadas em nosso site ao longo da semana.

 

Show com Chico César
No mesmo dia, um show ao vivo com o cantor e compositor Chico César ocorre a partir das 20h. O evento político cultural que abordará a necessidade da luta para barrar a PEC 32 será transmitido ao vivo pelas redes sociais do Sintespb e do sindicato dos docentes da UFPB.

 

No radar
Segundo o portal de notícias Congresso em Foco, o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP), confidenciou ao deputado Tiago Mitraud (Novo) que a Reforma Administrativa está no radar e, mesmo com pouca chance de aprovação, pode ser colocada em votação nas próximas semanas.

 

O Planalto trabalha com a cifra de R$ 20 milhões em emendas para cada parlamentar votar a favor da matéria. Com isso, para garantir os 308 votos necessários para que a PEC 32 continue sua tramitação, indo à análise no Senado, Bolsonaro estaria disposto a entregar mais de R$ 6 bilhões dos cofres públicos.

 

Fonte: CSP-Conlutas

Ler 22 vezes