O assédio moral é uma humilhação repetida e sistêmica. Tem como características a intencionalidade (forçar a pessoa a desistir do emprego ou cargo, por exemplo, ou o objetivo de que uma pessoa ou grupo produzam mais, sob condição de pressão), temporalidade (dias, meses ou anos), e direcionamento a uma pessoa ou grupo, degradando deliberadamente as condições de trabalho.
Configura assédio moral a exposição de trabalhadores a situações humilhantes e constrangedoras, repetitivas e prolongadas, durante a jornada de trabalho.
Esse tipo de violência ocorre de forma mais comum em relações de hierarquia. Trata-se de uma experiência subjetiva, que acarreta em práticas emocionais para o trabalhador.
O assédio moral não é um ato isolado de humilhação. É um ato de violência psicológica, que causa danos à saúde física e/ou mental, não somente na pessoa que é afetada diretamente, mas em todo o grupo que presencia essa violência.
É possível apontar duas diferenças da ação:
O chamado assédio moral interpessoal: que tem por objetivo prejudicar ou eliminar o trabalhador na relação com os outros;
E o assédio moral organizacional: que provoca constrangimento e humilhações, com o objetivo de aumentar a produtividade.
A vítima do assédio moral, geralmente, é isolada e impedida de se expressar. O assediador esforça-se para deixá-la fragilizada, ridicularizada, culpada, isolada e inferiorizada, normalmente na presença de outras pessoas.
A vigilância é acentuada e constante na tentativa de impor produtividade ou forçar demissões. Mas os atos de assédio, ao contrário, fazem com que a vítima perca gradativamente o interesse pelo emprego.
A competitividade, a individualização no ambiente de trabalho e o medo de
perder o emprego fazem com que as pessoas que sofreram ou presenciaram a violência se silenciem.
 
Você já vivenciou situações como as citadas acima no seu trabalho? Conte com foi respondendo as perguntas abaixo:

Required *

1. Você já passou por humilhação ou constrangimento no ambiente de trabalho?

2. Com que frequência elas ocorreram?

3. Você considera essas situações de humilhação algo comum ou natural ao trabalho?

4. Qual o vínculo institucional que você tem com a pessoa que te submeteu a essa situação?

5. Na sua opinião, o que levou a pessoa a praticar esse (s) ato (s) de violência?

6. Você já presenciou algum colega de trabalho ser humilhado?

7. Qual foi a sua atitude ao presenciar essa situação?

8. Relate a situação ou as situações de assédio que você sofreu e/ou presenciou

9. Quais foram os impactos que a situação ou as situações de assédio causaram em sua vida profissional e pessoal?